A Fifa quer porque quer fazer a Copa do Mundo de 2022 com 48 seleções. Ontem, após reunião em Miami, o conselho da entidade permitiu que o presidente Gianni Infantino tente viabilizar essa mudança. Por enquanto a competição está marcada para acontecer com 32 times no Catar. A grande dificuldade é que, para aumentar o número de seleções, outros países precisam receber a Copa também. E existem conflitos políticos que impedem isso. Nações próximas ao Catar estão fazendo bloqueios econômicos ao país. Emirados Árabes Unidos, Bahrein e Arábia Saudita até poderiam receber a Copa de 2022 em conjunto com o Catar, mas teriam que resolver esse problema diplomático. Kuwait e Omã também são cogitados como possíveis sedes. “No próximo passo vamos analisar quais países podem receber mais jogos na Copa de Mundo de 2022. E vamos tomar uma decisão no nosso Congresso, em junho, quando os 211 filiados vão votar”, anunciou Infantino.
Não creio que seja uma boa ideia aumentar o número de participantes da Copa do Mundo. Se com 32 a gente é obrigado a aturar alguns jogos tipo “Série C do Brasileirão”, imaginem com 48?
 
E O MUNDIAL DE CLUBES?
Outra novidade anunciada ontem pela Fifa seria um novo Mundial de Clubes, que teria 24 times e aconteceria a cada 4 anos. A proposta está perto de ser aprovada pela entidade máxima de futebol. Mas os principais times da Europa e da América do Sul rejeitam esse modelo. Surgiu até uma ameaça de boicote.
Essa, que me parece uma boa idéia, não tem a aprovação da Associação de Clubes Europeus (ECA, na sigla em inglês). Essa entidade representa equipes como Juventus, Real Madrid, Barcelona, Ajax, PSG, Bayern de Munique, Manchester United e Benfica. Mas, cá entre nós, só um torneio neste formato poderia realmente indicar um verdadeiro campeão do mundo. E não essa competição “meia boca” que fazem atualmente.

5 Comentarios

  1. Eu concordo, a Copa São Paulo Sub 20 tem mais de 90 clubes e é feito em 1 mês.Acho que o Brasileirão poderia ser feito com 32 clubes divididos em 2 chaves com 16 clubes, daria 30 jogos , o campeão de uma chave jogaria com o campeão da outra chave numa melhor de três partidas,ou seja os clubes jogariam 30 jogos, hoje jogam 38 jogos e os 2 finalistas jogariam 2 ou 3 jogos a mais.Já pensaram uma chave com Corinthians e São Paulo, Grêmio, Atletico Mineiro, Vasco e Fluminense, Vitoria, Coritiba, Figueirense, Goias, Paissandu, Ceará, Sport Recife,Ponte Preta, America de Minas? Os demais ficariam na outra chave.

  2. Achei péssimo. Principalmente o Mundial de Clubes. Querem banalizar a competição. Como vão selecionar os times da América do Sul? Campeão e vice? Farão um torneio a parte? Primeiros colocados do Brasileirão? Os times que foram campeões no intervalo entre duas edições, já que ocorrerão de 4 em 4 anos? Isso é justo? Vai acontecer de as competições daqui perderem a importância, pois o objetivo maior será se classificar pro Mundial e não ganhar o título. Nota zero para esse jênio!

    • Os últimos quatro campeões da Libertadores estarão no Mundial de 2021, Grêmio e River Plate já estão garantidos, se não mudar nada nas vagas até lá, e os últimos quatro campeões da Copa Sul-Americana disputarão uma respescagem entre si, pra garantir mais duas vagas. Bizarro, imagina um time ganhar a Libertadores, quatro anos depois disputar o Mundial, será que vai ter algum jogador campeão da Libertadores no elenco disputando o Mundial? kkkk

  3. Qual é a chance de um time sul-americano ganhar essa competição messe formato? Praticamente impossível, se no formato atual os times do nosso continente estão sofrendo contra os asiáticos e africanos, imagina gora né? Virou ima mini Champions League.

  4. Não acredito em Copa do Mundo com tantos participantes, nem, muito menos, em Mundial interclubes, porque, simplesmente, não interessa aos europeus, que, do alto de sua soberba, não percebem que estão matando o futebol. A maioria dos campeonatos, no mundo, já é uma fraude (ex: alemão, francês, e, ultimamente, até o italiano; espanhol só se salva por ter 3 times na disputa, o que corresponde, talvez, em competitividade, ao Campeonato Carioca). Melhores, nesse aspecto, são, pela ordem CL e Brasileirão, com menção honrosa a PL…

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare