Ontem, no Pacaembu, a torcida do São Paulo mandou o presidente Leco “tomar no c*”, e chamou o time de “amarelão”.
Normal que o torcedor esteja realmente desiludido. Os tricolores de hoje são, invariavelmente, admiradores que o clube atraiu na década de 1990, quando ganhou, sob o comando de Telê, dois títulos intercontinentais. 
Depois teve a fase igualmente brilhante com Muricy Ramalho, que ganhou o Brasileirão com o pé nas costas.
O torcedor ficou mal acostumado. Nada do que acontece atualmente lembra o São Paulo majestoso do passado. Então é natural que a reação seja de revolta.
Mas será que a culpa é somente do presidente? O presidente Leco pegou o clube destroçado por Miguel Aidar e conseguiu reequilibrar as finanças. Pediram um monte de reforços (Nenê, Diego Souza, Jucilei, Pablo,  Everton etc)  e ele contratou todos. 
Escolheram muito mal os treinadores que passaram pelo clube nos últimos anos. Primeiro apostaram em Rogério Ceni, mas não tiveram paciência com ele. Hoje esta muito bem no Fortaleza e não sente saudades do Morumbi.
A efetivação de André Jardine foi um risco incalculável. Demoraram pra demitir e quando demitiram, cometeram outra bobagem: contrataram Cuca, que está recuperando-se de problemas de saúde. Ou seja: deixaram o barco sem comando por tempo indeterminado. Que idéia genial!
Então, meus amigos, o problema só pode ser da diretoria de futebol. Está na hora do sr. Raí Souza Vieira de Oliveira ser cobrado pelas suas decisões pra lá de equivocadas.

4 Comentarios

  1. O problema é que Raí tem essa posição de destaque na administração do clube, por ter sido um ídolo dentro de campo. Isso é um perigo, pois não quer dizer que ele seja o mais capacitado para a função, mas por ter apelo com a torcida, acham que é a melhor escolha para um cargo de grande responsabilidade. Eu odeio isso. No Santos é igual. Com Léo e Renato. E aimda devem ganhar um salário maior que ganharia uma pessoa que não tem a fama deles. Aff.

    • Para exercer esses cargos, basta estar de boa com o “presida” do momento e fechar os olhos para as irregularidades, de preferência, participando delas. O que o Sheik está fazendo no Corinthians? Quais os méritos demonstrados para o cargo?

  2. Assim como boa parte da torcida do Prantos é “pelezista”, a maioria dos bambis é “telezista”, e ainda os filhos de ambos. Tradição não se compra na esquina…

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare