Amistosos contra Panamá e República Tcheca não servem para quase nada, mas foi o que a CBF conseguiu de melhor. O técnico Tite convocará a seleção no dia 28 e, em meio a expectativa de relacionar nomes novos como Vinícius Jr, já há uma polêmica no meio do caminho.
Isso porque a data dos jogos (23 e 23 de março) coincide com fases decisivas dos principais Estaduais. Em São Paulo, Rio Grande do Sul e Minas, esse período é o da disputa das quartas de finais – no caso dos mineiros, em jogos únicos; já o Rio se encontrará na definição dos semifinalistas da Taça Rio (segundo turno).
Você pode até pensar que os Estaduais não valem mais nada, mas o fato é que ninguém quer perder. Por essa razão, é muito provável que o técnico Tite concentre a sua lista de convocados em atletas que atuam no exterior.
Chegou a hora dele na seleção principal?
VINICIUS VEM
Matheus Bachi, o filho de Tite,  e o preparador físico Fábio Mahseredjian foram à Espanha observar Vinicius Jr e ficaram impressionados com o processo de evolução do ex-flamenguista, tendo, inclusive, já assumido o posto de “referência” de uma equipe recheada de craques ofensivos, como, por exemplo, Luka Modric, Gareth Bale e Benzema. 
Aos 18 anos, Vinicius Junior entrou de vez nos planos da seleção com a lesão de Neymar, que, recorde-se, deve voltar aos gramados apenas em abril – está em recuperação de um problema no quinto metatarso do pé direito. O camisa 10 do PSG, aliás, tem confidenciado a pessoas próximas que a mais nova sensação do Real “merece muito” a primeira chance no ataque canarinho.

2 Comentarios

  1. Meu Deus! Voltamos à época dos amistosos caça-níqueis. Sem comentários.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare