Captura de Tela 2017-09-20 às 06.01.24A CBF está encontrando dificuldades técnicas para a implantação do Árbitro de Vídeo, informa o Estadão em sua edição de hoje. O sistema tem algum nível de complexidade e a Comissão de Arbitragem ainda não conseguiu encontrar a melhor maneira de resolver os problemas. A disposição de utilizar o recurso já na próxima rodada do Brasileirão permanece, mas existe uma corrida contra o tempo para que a estreia possa ocorrer.
Reunião realizada nesta terça-feira na sede da entidade, no Rio, com a presença de integrantes da comissão e a participação de representantes da Rede Globo, detentora dos direitos de transmissão e que vai ceder as imagens, debateu as dificuldades. Entre as questões a ser resolvidas estão a transmissão do sinal, a forma de uso das imagens, locais para instalação dos equipamentos nos estádios e até a aquisição de monitores e sua alimentação.
Comentário meu – Aproveitem, porque até a rodada de domingo ainda será permitido fazer um golzinho de mão…

2 Comentarios

  1. O problema é que vão começar usar o árbitro de vídeo com o campeonato em andamento, o certo seria desde o início, até porque ocorreram outros erros. Mas enfim, antes tarde do que nunca, mas acredito que as polêmicas vão continuar.

  2. Não sei se sou a favor desse árbitro de vídeo. Acho que tudo que for possível fazer para tornar o futebol mais justo e diminuírem os erros, deve ser feito, mas essa tecnologia tende a deixar o árbitro mais inseguro. Qualquer lance ele vai querer pedir ajuda e mesmo quando não pedir o auxílio vai ser questionado por isso. Se usou em tal lance, porque não usou naquele?…, e coisa do tipo. Eu acho que seria muito mais válido priorizar a qualificação dos juízes, cursos, profissionalização e tal. Erros fazem parte do futebol Nenhuma tecnologia do mundo será capaz de eliminá-los.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare