Elas já foram companheiras na seleção brasileira de vôlei e também em alguns clubes da modalidade. Agora estão em lados opostos por causa da política. Ana Paula é Bolsonaro. Ana Moser é Haddad. Veja a troca de farpas entre elas nas redes sociais:

ANA PAULA

“Defende o socialismo e a ‘qualidade para todos’ ferozmente, mas toda reunião que tínhamos para propor que os prêmios financeiros individuais teriam que ser divididos entre todas as jogadoras, era a primeira levantar a mão e ser contra. Deus tá vendo.”

ANA MOSER

“Papel e tuiter aceita tudo @AnaPaulaVolei. Eu pelo menos tenho coragem de dar nome aos bois e te marco. Está no meu livro, escrito em 2003, e no livro do Bernardinho, escrito depois, esta questão. E a versão é outra. Eu não fui contra a proposta de dividir prêmios.”

1 Comentário

  1. É pai desconhecendo filho. Infelizmente, a esquerda brasileira, com essa ideologia de gênero exagerada, a defesa do aborto e de invasões de propriedade, além da leniência no combate ao crime e à corrupção, acabou por dividir a sociedade brasileira. E, já esgotada, a maior parte dos brasileiros bandeou para o outro extremo, que se aproveitou do momento histórico favorável. Se Alckmin tivesse ido pro 2º turno, contra o PT, representaria o anti-petismo, mas não haveria tanta radicalização…

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare