Poucas horas antes de começar o segundo duelo entre Real Madrid e Wolfsburg, pela Champions, a FourFourTwo, uma das mais prestigiadas revistas de futebol do planeta, deu essa manchete Bruno Henrique: “O inimigo desconhecido do Real Madrid”.
Ele saiu do Goiás para brilhar no futebol europeu. Poucos anos atrás ele era um jogador de várzea, em Belo Horizonte. São as voltas que esse mundo dá.
2e9ae9f547e0312ddcc4adecde99d5a4
BRUNO HENRIQUE POR BRUNO HENRIQUE
“Antes de virar jogador era complicado. Eu trabalhava em um escritório como recepcionista. Aí tinha que ficar lá, resolvendo pepino e atendendo todo mundo. Fora de campo eu gosto muito de passear. Ir em shopping, passear bastante. Mas o shopping é o melhor. Eu também gosto muito de ficar ouvindo música, curto mais gospel evangélica. Eu já cheguei até a tocar quando estudava. Tinha um grupo de pagode quando tinha 12 anos. Era mais na zoeira, né, mas tínhamos professor e tudo certo para ajudar, só que era zoeira. Eu tocava repique”.
Hoje ele mede forças com Cristiano Ronaldo no Santiago Bernabéu.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare