Captura de Tela 2017-08-01 às 21.10.51No blog Fera (Estadão) – Depois de toda a confusão registrada na última semana, quando o colunista Léo Dias, do jornal O Dia, revelou uma briga do comentarista Alexandre Oliveira com uma maquiadora da ESPN e o acusou de racismo, o profissional não faz mais parte do quadro de funcionários da emissora.
A informação foi confirmada pela própria ESPN, que emitiu uma nota para explicar o caso, exaltando que não foi constatada ofensa racial, mas que, em comum acordo, optaram por encerrar o vínculo: “A ESPN e o comentarista Alexandre Oliveira decidiram, em comum acordo, encerrar o contrato nesta terça-feira. Muito embora não tenha sido constatada ofensa racial em recente episódio envolvendo uma funcionária da ESPN, as partes optaram por não continuar com o contrato. A ESPN agradece ao comentarista pelos anos de parceria e deseja sucesso em seu futuro profissional”.

1 Comentário

  1. A pessoa ser racista na TV é ser burra ao quadrado.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare