O deputado Marcelo Calero (Cidadania/RJ) apresentou um novo requerimento em que pede informações sobre o encontro entre Jair Bolsonaro e Paulo Guedes comNeymar da Silva Santos, pai do atacante da seleção. A informação está na coluna de Lauro Jardim, em O Globo.

Também participou do encontro — que não estava previsto em agenda — o secretário da Receita Federal, Marcos Cintra.

Escreve Calero em seu requerimento:

— Se um cidadão que não tenha a projeção que tem o pai de um jogador de futebol famoso, como o caso em tela, quisesse agendar uma audiência com o ministro da Economia da República para tratar de assunto de seu interesse particular, ele seria recebido? Haveria, nesse caso, necessidade de agendamento prévio ou ele poderá ter o mesmo privilégio de um encontro que “não estava previsto”?

3 Comentarios

  1. Mais um que quer 1 minuto de fama?Nunca vi tanto patrulhamento contra um Governo como está ocorrendo agora, procuram um fiapinho de manga para fazer um escarceu.Nos Governos anteriores passou uma manada de Elefantes e ninguém se incomodou.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare