Em seu último ato como presidente do Palmeiras, Paulo Nobre impugnou a candidatura de Leila Pereira ao Conselho Deliberativo do clube, cuja eleição acontece em fevereiro de 2017. Ela é dona da Faculdade das Américas e da Crefisa – principal patrocinadora do clube.

A irregularidade estaria no fato de que, para concorrer ao cargo, a investidora teria que ser sócia do clube há pelo menos oito anos. A investidora criticou a atitude de Nobre e alega que sua candidatura, lançada há seis meses, obedece às exigências do clube.

“Eu sou sócia do Palmeiras desde 1996, o Paulo Nobre está cansado de saber disso, nunca questionou nada. Acho muito estranho ele alegar isso no último dia do mandato. Por que não fez isso há dois anos, quando começamos a patrocinar o Palmeiras? Por que não fez há seis meses, quando me lancei candidata ao Conselho?”, disse Leila em entrevista ao Lance!.

SÃO PAULO, SP - 29.01.2016: APRESENTAÇÃO PATROCÍNIO UNIFORME PALMEIRAS - O presidente Paulo Nobre, da SE Palmeiras, e a presidente da Crefisa, Leila Pereira (D), apresentam a nova configuração de patrocínio da marca no uniforme do clube, na Academia de Futebol, no bairro da Barra Funda. (Foto: Cesar Greco / Fotoarena)

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare