Entrevista do técnico Fábio Carille a uma emissora de TV árabe, que o Blog do Macedo conseguiu a tradução e transcrição para português:
1-) Você vai voltar para o Corinthians?
A notícia do meu retorno é verdade, treinar no Brasil e dirigir o Corinthians era um grande sonho, não poderia recusar o convite.
2-) Por que você quer voltar para o Brasil, você não está feliz na Arábia?
Claro que estou feliz aqui, a equipe evoluiu, estamos bem no campeonato, sou muito bem tratado aqui é que a oferta é ótima de um grande clube e que eu tenho uma história, por isso é difícil recusar.
3-) É possível cancelar a ideia de voltar ao Brasil?
A decisão de voltar ao Corinthians já  foi tomada a negociação está bem adianta e a direção já está ciente de tudo que está acontecendo, nos combinamos que fico no clube até o final de 2018 para direção encontrar novo técnico. Eu sou grato ao Al Wehda pela compreensão e sou grato ao povo Árabe pelo carinho, uma outra oportunidade posso voltar.

8 Comentarios

  1. Não adianta ele voltar. O timeco 5ma11 tem que contratar jogador. Muita perebada. A Porcada vem forte para 2019. Outro milagre como o de 2017 é difícil acontecer.

  2. Poderiam voltar o Jô e o Rodriguinho, o Arana, o Malcom, o Balbo, o Felipe e o Paulinho, rsrsrsrs….

  3. Não acredito que o Time atual seja tão ruim, acredito que faltou orientação técnica ideal, saber aproveitar melhor a mão de obra, digo, Pé de obra.Até o Romero que estava desenvolvendo um bom trabalho, derrepente, caiu vertiginosamente.Veja o exemplo do Santos com o Jair Ventura o Santos estava na zona do rebaixamento , muito atrás do Corinthians,Cuca com o mesmo time quase levou o Santos para a Libertadores.

    • Quase levou o Santos a L.A., uma pinoia. A recuperação instantânea do time se deveu muito mais a um gás natural que o time adquire quando chega o tecnico novo, que por algo que Cuca tenha feito. Suspeito, aliás, que quiseram derrubar Jair. O trabalho de Cuca foi tão inconsistente que não teve fôlego para chegar a algo concreto. Derrapou no momento crítico da competição e em momento algum, se firmou no G4 ou ao menos no G6.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare