O torcedor do Flamengo tem motivos para ficar preocupado. Neste início de temporada, quando todos os grandes clubes planejam o que vão fazer durante o ano, o rubro-negro sofre com a absoluta falta de planejamento.
E como se já não bastasse a indefinição em relação ao técnico Reinaldo Rueda, o clube se vê na obrigação de “torrar” R$ 1 milhão por mês com salários de jogadores que não serão aproveitados. São os casos de Mancuello, Muralha, Vaz e Gabriel, como mostra uma reportagem no caderno de esportes do jornal O Globo.
Captura de Tela 2018-01-05 às 05.27.46

2 Comentarios

  1. Sai contratando a rodo, como o Porqueiras. Aí, leva caldo mesmo!

  2. Se essa grana caisse na conta dos Dirigentes, não haveria desperdicio.Vejam se as Esmpresas, da maioria dos dirigentes dos clubes que são empresários, dão prejuizo? Dinheiro no Povo e dos clubes são como capim seco, pronto para tocar fogo,

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare