Na coluna e Ancelmo Gois (O Globo) – O lindo amor de Lula ao Corinthians é de doer o coração e o bolso do contribuinte — não necessariamente nesta ordem. O petista — como consta da delação de Marcelo Odebrecht — se envolveu pessoalmente para que a Odebrecht, com o apoio da Caixa, construísse a Arena Corinthians para a abertura da Copa de 2014. O resultado é sabido. Por causa do Itaquerão, a empreiteira deve à Caixa R$ 650 milhões (dinheiro meu, seu, nosso).
Aliás, esse calote foi o gatilho que detonou o pedido de recuperação judicial da Odebrecht. Foi sua execução pela Caixa que fez com que os donos da empreiteira se convencessem de que precisavam pedir proteção do Judiciário ante os credores.

3 Comentarios

  1. O contribuinte deve agradecer ao Corinthians por assumir essa bucha. Do contrário, estaria tudo nas costas do estado e da prefeitura…

  2. Esse estádio foi construído nas coxas, exclusivamente para fins eleitoreiros. Sequer, deve ter havido algum estudo de viabilidade financeira para tal.
    Usaram o Corinthians – com permissão dos seus dirigentes – como um fantoche no conluio que havia entre os petistas e a empreiteira.
    E quem acabou pagando o pato no final foi o clube, que não conseguiu vender os direitos de nome, além de ter adquirido uma dívida monstruosa.

  3. O 5ma11tiano se faz de vítima, que foi usada e enganada nessa história, ao mesmo tempo que se gaba por ter um estádio de luxo e desdenha da casa alheia. Hum. Medo do Santos se meter num rolo desse.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare