Intensidade, velocidade e domínio de jogo. O Atlético implementou o estilo do técnico Diego Aguirre ao máximo contra o Villa Nova, com pressão avassaladora no início da partida, e construiu a goleada por 7 a 2 sem maiores problemas – somente um susto no começo da etapa final com os dois gols do Leão. A defesa rival ainda deu uma boa ajuda para o time alvinegro com erros cruciais para o desgosto do goleiro Thiago Leal.

Robinho mais uma vez foi o diferencial do Galo, anotando três gols, além de uma assistência e participação no gol contra do Villa para a equipe alvinegra. Júnior Urso e Lucas Pratto – duas vezes) ainda deixaram os seus, com Soares e Mancini fazendo os tentos alvirrubros.

O resultado dá ao Galo a confirmação matemática da classificação para a semifinal com uma rodada de antecedência. Já o Villa deixa o G-4 do Campeonato Mineiro e se complica.

Com a vitória contundente no Mineirão, o Atlético segue neste domingo para o Equador, onde enfrentará na quarta-feira o Independiente del Valle, pela Copa Libertadores. Um triunfo em solo equatoriano dá aos comandados de Aguirre a classificação antecipada no torneio internacional.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare