Paolo Guerrero retornou da Copa América, disse que estava muito cansado e pediu para não enfrentar o Santa Cruz. Isso aumenta a especulação sobre a sua possível saída do Flamengo. Antes de embarcar de volta, o atacante deu entrevista ao Canal ‘Gol Peru’ e – sobre a possibilidade de jogar no Boca – disse textualmente:
“Eu tenho contrato com o Flamengo. Não sei nada sobre o Boca, estou indo para o Brasil. No futebol não se descarta nada, mas eu sou jogador do Flamengo e estou bem lá. Quem não gostaria de jogar em uma equipe tão grande como o Boca? Qualquer profissional, mas sou jogador do Flamengo. Seguirei no Flamengo”,

A última vez que Guerrero entrou em campo pelo Flamengo foi na segunda rodada do Brasileiro, na derrota por 1 a 0 para o Grêmio, em 22 de maio. Quatro dias depois, Muricy Ramalho deixou o cargo, com problemas de saúde. Jayme de Almeida dirigiu o time contra a Chapecoense, e Zé Ricardo assumiu a partir do jogo diante da Ponte Preta.

Foram sete jogos sem o camisa 9: três vitórias, dois empates e duas derrotas — aproveitamento de 52,38%. Ontem, ao se reapresentar no Ninho do Urubu, Guerrero alegou cansaço por causa da viagem e dos compromissos pela Copa América. O astro não é mais unanimidade no clube, mas, até agora, não chegou qualquer proposta concreta para contratá-lo.
A desculpa que deu para não viajar pro Recife hoje é o famoso “migué”, que, na linguagem dos boleiros, significa embromar, enrolar, fazer corpo mole.
paolo-guerrero_1v04s3vre69qw1bbmykj8j51yq

1 Comentário

  1. Não vai fazer muita falta. Guerrero micou no Flamengo. Fato!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare