downloadFoi uma coisa sintomática: quando Dunga anunciou que Casemiro – titular do Real Madrid e campeão da Champions – seria o dono da posição de médio volante da seleção, Luiz Gustavo, do Wolfsburg, alegou “motivos pessoais e pediu para ser dispensado.
Esse foi o sexto corte de jogadores sofrido pelo Brasil antes da estreia na Copa América. Antes da apresentação oficial, o atacante santista Ricardo Oliveira, do Santos, pediu desligamento por causa de uma lesão no joelho direito. Já na concentração em Los Angeles, Douglas Costa, do Bayern de Munique, foi cortado por causa de uma lesão muscular.
Em seguida, foi a vez do goleiro Ederson, do Benfica, e do meia Rafinha, do Barcelona. Ambos também estavam lesionados. Na última quarta-feira, Kaká, que havia sido chamado para a vaga de Douglas Costa, também se despediu da seleção também com uma contusão muscular. Agora foi a vez de Luiz Gustavo deixar a equipe.

2 Comentarios

  1. É impressão minha, ou a Seleção brasileira, está sendo boicotada por esses jogadores que jogam na Europa? Esses caras só pensam em dinheiro, já era o patriotismo!

  2. Disse e repito: a seleção está sendo boicotada!

Deixe seu comentário para aline

Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare