A notícia está em todos os jornais, com destaque para o “Clarin”, o maior do país: a noite da última segunda-feira pode ficar marcada por um episódio inusitado que pode impactar diretamente na Copa América Centenário. Isso porque o governo da Argentina interveio na Associação de Futebol Argentino (AFA) e, como punição, pode ver a seleção argentina e o Boca Juniors sair da Copa Libertadores da América.
A Inspeção Geral de Justiça (IGJ), entidade independente e estatal da justiça argentina, adiou as eleições da AFA, que aconteceriam em 30 de junho e devem agora acontecer em 90 dias. A IGJ nomeou duas pessoas com poder de decisão na federação de futebol do país por causa de recentes irregularidades denunciadas contra cartolas do e da crise institucional e econômica da AFA.
A conferir.
 ca040a00d78eca79760a5ca8283aef22

2 Comentarios

  1. Acho difícil, isso acontecer.

  2. Pais sério interfere na federação. Aqui é esculhambação

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare