captura-de-tela-2016-11-15-as-20-06-06
Como se já não bastassem os problemas técnicos, a Argentina de Lionel Messi tem mais um componente para aumentar a sua crise: o atacante Lavezzi está fora do jogo de hoje contra a Colômbia porque teria sido flagrado fumando maconha.
A acusação foi feita pelo jornalista Gabriel Anello, da Rádio Super Mitre, em sua página no Twitter (veja as mensagens abaixo).
Lavezzi desmentiu pela mesma rede social e prometeu processar o jornalista por injúria.
073682dfeb4feabf927e51d8eb7b1fd5
Atualizado às 23h55 – Após a vitória sobre a Colômbia (3×0), o capitão da seleção argentina, Lionel Messi anunciou os atletas da equipe não falarão mais com a imprensa. O motivo foi a acusação de que Lavezzi teria sido flagrado fumando maconha na concentração. O camisa 10 pegou o microfone na sala de imprensa, rodeado por todo o elenco, e explicou a decisão:
“Preferimos aparecer todos e botar a cara do que mandar um comunicado, não temos que nos esconder. Estamos aqui para comunicar que tomamos a decisão de não falar mais com a imprensa e vocês sabem o porquê, não é? Fizeram muitas acusações, houve muita falta de respeito e nunca falamos nada. A acusação que fizeram a Pocho (Lavezzi) é muito grave. Porque se não fizermos nada, muitos vão acreditar. Preferimos cortar isso de uma vez. Lamentamos muito que tenha que ser assim, mas não vemos outro jeito. Faltaram o respeito. Pode perder, pode ganhar, podem opinar se jogamos bem ou mal, mas fazer acusações desse tipo… Não é a primeira… É muito grave. Não vamos entrar nesse jogo, não vão continuar dizendo um milhão de coisas. Está dito. Obrigado”.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare