unnamed (2)

A Lava-Jato não para de provocar calafrios nos poderosos. O jornal La Nacion, de Buenos Aires, informa que Gustavo Arribas, empresário que mediou as transferências dos argentinos Carlitos Tevez e Mascherano para o Corinthians, em 2005 entrou na lista de investigados no esquema de corrupção. Atualmente chefe da Agência de Inteligência Federal, na Argentina, o ex-agente de jogadores teve seu nome exposto pelo delator Leonardo Meirelles.

As acusações de lavagem de dinheiro foram feitas por conta de cinco transferências realizadas pelo empresário em 2013. Todas no valor de 600 mil dólares (aproximadamente R$ 1,9 milhões). Por conta disso, a justiça brasileira irá investigar Arribas. O delegado responsável pelo caso, Federico Delgado, enviou ao juiz argentino Rodolfo Canicoba Corral requerimentos sobre supostas irregularidades na contratação da dupla corintiana.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare