unnamed (2)
A vitória do Paris Saint-Germain sobre o Troyes foi sofrida. Cavai perdeu um pênalti no primeiro tempo, e o adversário se fechou todo na defesa. Neymar abriu o placar com um chute de fora da área, de perna esquerda, e depois deu assistência para Cavani marcar o segundo.
O L’Équipe, muitas vezes tão crítico a Neymar (sobretudo pelo seu comportamento fora de campo), desta vez se rendeu: 
“O brasileiro fez a diferença sozinho. O PSG só venceu porque Neymar foi grande”.

1 Comentário

  1. O Neymala, é preciso reconhecer, ainda que a destempo, pode vir a se tornar o maior jogador da história. Se tivesse uma cabeça um pouco melhor, o resto o corpo faria…

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare