Cheiro de hepta? Também. Mas, neste momento, o que mais o Flamengo sente (depois da boa vitória sobre o Figueirense, no Pacaembu), como se diz no Nordeste, é o “cheirinho do cangote” do Palmeiras.

A briga vai esquentar.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare