votede10
Os jogadores do Palmeiras bem que tentaram estabelecer uma relação de harmonia com a torcida. Organizaram uma entrevista coletiva para promover a “união”, onde, além de pedir apoio para Alberto Valentim, rasgaram elogios aos torcedores do clube.
Pelo Facebook, a Mancha Alviverde, a mais importante organizada do Palmeiras, respondeu de forma vigorosa a essa tal “coletiva da união”:
“Coletiva da união, ou melhor, tiração! Qual o motivo que a união da coletiva não se reflete em em campo? Já sabemos os segredos: Jogadores que em 2017 foram eliminados do Paulista, Copa do Brasil, Libertadores e pipocaram no Brasileirão; Diretor estrela que só pensa em comissão e negociatas; Um presidente banana e sem pulso. Podem ficar tranquilos, durante os 90 minutos vamos cantar e apoiar o PALMEIRAS. E até o final do Brasileiro vamos infernizar vocês”, diz a Mancha.

1 Comentário

  1. Também não entendi aquela coletiva. A Porcada vai acabar o ano com, no máximo, uma vaga na Libertadores, os jogadores deveriam ficar na sua e a diretoria começar a planejar 2018. Se queriam fazer uma média com a torcida e imprensa para tentar desviar o foco do fracasso, tomaram uma invertida e pagaram micão.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare