A Globo entrou na Justiça para não pagar a primeira parcela dos direitos de transmissão da Copa do Mundo de 2022.
O valor total do pacote estabelecido pela Fifa é de US$ 600 milhões. O ‘boleto’ que vence hoje é de US$ 90 milhões (cerca de R$ 460 milhões).
Ao recorrer à Justiça, a emissora brasileira põe em risco o direito de transmitir a Copa do Mundo de 2022, ameaçando uma tradição de 50 anos para os telespectadores brasileiros, desde a Copa de 1970. Para analistas, a emissora está sinalizando que terá dificuldades para honrar pagamentos.

2 Comentarios

  1. A Globo está em crise, gente. Acabando com o contrato de grandes estrelas, receita caindo e cortando gastos onde dá. Que coisa, não?

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare