971b0e17500b42b5b7888981ed44c757

Dos 20 participantes da Série A, 12 votaram contra a utilização do árbitro de vídeo no Campeonato Brasileiro (Corinthians, Santos, América-MG, Cruzeiro, Atlético-MG, Atlético-PR, Paraná, Vasco, Fluminense, Sport, Vitória e Ceará). Sete clubes se mostraram favoráveis à tecnologia: Bahia, Botafogo, Chapecoense, Flamengo, Grêmio, Internacional e Palmeiras. O São Paulo não votou, já que o representante tricolor deixou a reunião antes da votação.

5 Comentarios

  1. Tem que saber o motivo, a CBF não quer tranferir a conta para os times?Se for esse o motivo, cada um está defendendo o seu lado.

  2. Quem voltou contra tá certinho, já que cada clube tem que arcar com 1 milhão. Quem tem que bancar o árbitro de vídeo é a CBF.

  3. Foi só ameaçar mexer no bolso que os clubes deram pra trás. Mas estão certos. Muita cara de pau da CBF querer que eles paguem por isso. Sem falar que acho um gasto meio desnecessário. Até sou a favor de fazerem todos os esforços possíveis para melhorarem o futebol, mas não sei se compensa a estrutura que precisa ser montada em troca do retorno que isso pode dar.

  4. Pois é. As polêmicas envolvendo arbitragem vão continuar de todo jeito, mesmo com árbitro de vídeo. No jogo River x Lanus pela Libertadores, o River reclama de um pênalti, mas o árbitro de vídeo nem foi consultado, na minha opinião foi pênalti e pra muitos inclusive comentaristas também foi pênalti. O jogo terminou 4×2 pro Lanus, dos 4 gols do Lanus 2 teve auxílio do árbitro de vídeo! As polêmicas continuarão com mais força. Pra quem gosta de teorias da conspiração é um prato cheio.

    • Exato. Esse é o ponto. Isso deveria ser um auxílio ao árbitro e não uma obrigação. Ou seja, a partir do momento que o juiz opta por não usá-lo, por confiar no seu taco, as pessoas começariam a questionar esse posicionamento. E pronto: a polêmica já estaria formada. Tira a autoridade e liberdade do árbitro, seria só mais uma forma de pressioná-lo. É bem arriscado, as polêmicas continuariam.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare