Captura de Tela 2017-09-12 às 17.35.16
Antes de mais nada, é preciso dizer que o Celtic, apesar de ser o melhor time da Escócia, não é muito melhor do que o Metz, lanterna do Francesão. Perderia, por exemplo, num confronto direto para a Ponte Preta, na minha opinião. Mas o Paris Saint-Germain, nada tem a ver com isso.
O PSG de Neymar tinha a obrigação de passar por cima, como passou. E Neymar tem um histórico muito bom diante dos escoceses. Foi contra eles, ainda pelo Barcelona, que o brasileiro anotou o seu primeiro hat-trick na Champions League. Em quatro partidas  anteriores contra o Celtic, Neymar foi responsável direto por 10 gols: seis assistências e quatro gols marcados.
Hoje foi mais um passeio. O PSG atropelou o Celtic no primeiro tempo, diminuiu o ritmo na etapa final, mas deixou uma impressão formidável para este início de Champions League. Neymar, claro, deixou o dele e teve ótima desempenho coletivo.
Não se iludam, o PSG tem um time fortíssimo. Apesar da fragilidade da Liga 1, o Francesão, o elenco é de altíssimo nível. Basta dizer que tem praticamente toda a defesa da seleção brasileira e um trio atacante (com Neymar, Mbappé e Cavani) que pode causar danos em qualquer gigante da Europa.
Vai longe, muito longe, acredito.

2 Comentarios

  1. Ninguém dúvida disso, com as contratações de Neymar e Mbappé o time subiu de patamar. Bom ver outros times tradicionais de volta a Champions, só está faltando o Milan e a Inter.

  2. Vamos ver, né? Camisa é importante, e ela já fez falta no início do ano contra o Barça. O Francesão e essa primeira fase da Liga dos campeões são café com leite.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare