O papo de Neymar com Benja, na Fox 

CRÍTICAS

“Já incomodaram muito, hoje em dia eu não ligo mais. Já não aguento mais me explicar. Quem me conhece sabe do meu caráter e da minha essência, tem noção de tudo que eu já enfrentei e quem eu sou.”

O PORQUÊ DAS CRÍTICAS

“Pode ser pela forma como eu jogo em campo, pela forma como meus adversários ficam bravos, aí as pessoas começam a dar mais razão a quem bate do que a quem dribla, dar mais razão a quem faz uma falta do que a quem faz gol.”

CRÍTICAS POR NÃO TOCAR A BOLA

“A minha melhor qualidade sempre foi o drible. Eu nunca parei de driblar, de buscar a minha melhor versão dentro de campo. Às vezes, me incomoda esse tipo de crítica sobre o meu jogo. É difícil explicar para a pessoa que está assistindo o que a gente sente dentro de campo.”

ESTILO

“O meu estilo de jogo é o que traz o torcedor, é o que traz o público ao estádio. Ninguém quer chegar e ver carrinho, ver golpes, patadas. Se quiser isso, vai ver MMA ou boxe.”

‘CAI-CAI’

“Eu tive a lesão enquanto tentava permanecer em pé enquanto estava tomando a pancada e as pessoas me criticaram por não ter caído. Teve um excesso de críticas quanto a isso”

LADO RUIM DA FAMA

“A fama te tira alguns momentos simples, que você tinha antes e acaba perdendo. Mas também te deixa ajudar sua família, seus amigos. Você tem que administrar de uma forma boa.”

CARNAVAL NO BRASIL

“Teve exagero. Eu estava machucado e estava podendo andar já, estava treinando há dois meses. O que mais me machuca é ver ex-jogadores e jogadores me criticando sobre. Porque eles jogaram e fizeram até pior do que eu faço. Essa foi a única coisa que me incomodou.”

POR QUE FOI PARA O PSG?

“O desafio de vencer, de buscar o novo, de encontrar dificuldades novas. O Barcelona é um clube que eu sou apaixonado até hoje, falo com meus ex-companheiros até hoje. Senti que estava no momento de buscar algo que fosse mais difícil do que onde eu estava”

QUAL JOGADOR QUERIA FAZER DUPLA?

“Hazard é um jogador que eu acho diferente, tem um estilo de jogo parecido com o meu”

POR QUE NÃO TEM TÉCNICOS BRASILEIROS NA EUROPA?

“Por falta de qualidade não é. O Tite é um dos melhores treinadores com quem já trabalhei, o Muricy também. São dois treinadores que com certeza poderiam trabalhar na Europa, em qualquer time.”

3 Comentarios

  1. ““A minha melhor qualidade sempre foi o drible. Eu nunca parei de driblar, de buscar a minha melhor versão dentro de campo. Às vezes, me incomoda esse tipo de crítica sobre o meu jogo. É difícil explicar para a pessoa que está assistindo o que a gente sente dentro de campo.” Transtorno Desafiador de Oposição – TDO, sintoma típico, confirmado! Interessante, também, o que ele disse sobre os técnicos brasileiros, na contramão do senso comum. Com Tite, até compreenderia, por interesse, mas citar o Muriçoca me faz pensar que ele foi sincero…

  2. Ai, gente. Neymar já deu zilhões desse tipo de entrevistas. E todas são iguais, até porque ele é treinado pra isso. Pra que insistem? Deveriam procurá-lo só quando tem alguma notícia nova/ polêmica. Pegá-lo de cabeça quente pós-jogo. Esse tipo, chapa branca, já deu.

  3. Quem é? Acho que o Tite deve ir para a Copa América sem o quem, é uma otima chance para o treinador se sentir a não dependência do, quem?

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare