A Arena e o Sport Club Corinthians Paulista vêm a público repudiar o episódio que resultou na detenção do torcedor Rogério Lemes Coelho durante o jogo ocorrido no último domingo (04) contra o Palmeiras na Arena Corinthians, após sua manifestação contra o Presidente da República. O clube historicamente reitera seu compromisso com a democracia e a defesa do direito constitucional de livre manifestação, desde que observados os princípios da civilidade e da não violência. A agremiação lembra que diferentes autoridades, entre elas o presidente do clube, já foram alvo de manifestações da torcida durante os mais variados eventos esportivos realizados no local e o episódio caracteriza-se como um grave atentado às liberdades individuais no Estado Democrático de Direito.

2 Comentarios

  1. Sanchez precisa evitar a politização do Clube. Lembrando que ele é ligado ao PT e amigo de Lula. Corinthians não tem partido, religião, sexo, raça ou qualquer outro componente que divida as pessoas. Corinthians é ponto de união, não de divergências (exceção feita aos antis, claro, mas aí já é por conta da própria grandeza corinthiana, que desperta a inveja e, às vezes, até a ira nos torcedores adversários)…

  2. Não pode xingar o presidente? Essa é boa. Coitado do rapaz. Na abertura da CF 2013 mandaram Dilma, uma senhora, para aquele lugar e nada foi feito. Absurdo.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare