Flamengo 3×2 Fluminense foi um jogo absolutamente enlouquecedor. O Mengo abriu 3×0 e o Fluminense – com um time meio alternativo, com vários reservas – quase empatou.
Chamou a minha atenção a apatia de Paulo Henrique Ganso, aquele meia clássico, que joga com a bola no pé, mas com pouquíssima participação. O jornal Lance, ao analisar as atuações individuais, deu nota 5,5 pra ele , e comentou:
 Ganso – Sem atacantes a sua frente e um time desentrosado, não teve como achar passes verticais ou mostrar algo diferente.
O analista do Lance foi certamente bem condescendente com o camisa 10. Eu tive, por exemplo, o cuidado de gravar os dois gols do Fluminense e observei o seguinte: em nenhum deles Ganso aparece na tela. Veja no vídeo aí em cima (imagens da TV Globo) que 5 jogadores tricolores são enquadrados na área do Flamengo. Na teoria e na prática, ele era pra ser o principal articulador das jogadas ofensivas do time, mas Ganso certamente estava assistindo a tudo lá de trás, da intermediária.
É um “privilegiado”.

4 Comentarios

  1. Mudou-se o técnico mas os velhos problemas continuam. O Flamengo sempre vacilando na defesa depois de garantir um bom resultado.

  2. O problema é que o Ganso pensa que é Pavão e o Pato pensa que é faisão.

  3. O tal PH Ganso é, indubitavelmente, muito técnico, mas sabe que a sua capacidade física foi severamente limitada por aquela cirurgia no joelho. Vai enrolar até o final da carreira…coitado de quem acreditar!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare