Captura de Tela 2018-04-15 às 18.01.31
O que se espera do time do Corinthians?
Em qualquer torneio, exige-se do Corinthians um time lutador e eficiente. Ninguém se incomoda com a eventual ausência de “espetáculo”. Não, os corinthianos não ligam pra isso.
Hoje, na estréia do Brasileirão, aconteceu exatamente isso. O Corinthians talvez esperasse menos do Fluminense. Cheio de limitações financeiras, o tricolor carioca foi um adversário duro, difícil de ser batido. Diria que não mereceu perder. Mereceu empatar.
Mas o Corinthians lutou muito e foi eficiente. E tem um jogador que está um pouco acima dos outros. Rodriguinho, autor dos dois gols, é o elemento que faz a diferença.
O campeão brasileiro do ano passado começou bem. Está entre os cinco favoritos ao título de 2018.

11 Comentarios

  1. Rodriguinho sempre decisivo. Em casa não podemos vacilar, boa estreia.

  2. Gosto muito do Juninho comentando, melhor comentarista da Globo. Sempre coerente, sem puxar sardinha pra um lado.

    • Também gosto. Mas hoje, especificamente, notei um “lugar-comum” contrariando outro. Disse que o Corinthians tinha elenco, por isso ganhou o jogo. A imprensa de São Paulo diz, precisamente, o inverso. Ou seja, que não temos elenco pra “pontos corridos”. E agora, José? Quando o Júnior “Fujão” comenta sobre times de SP é a mesma incongruência, o que referencia uma opinião minha: a imprensa é um jogo de “vasos-comunicantes”, em que um profissional imita o outro. Tudo se copia, nada se cria…o que se diz no domingo se reproduz na 2ª feira…

  3. O Flor teve aquele “doping” emocional natural de quem vem à Arena e sonha sair vencedor, ainda mais numa estreia com o Timão. Mas o Corinthians foi cirúrgico, mais uma vez. Gosto disso, mas precisamos parar de tomar gol de bola aérea. Enche o saco isso! Mas “nunca foi fácil”, então, natural. Já o Reidriguinho é selenike, hein!? Abre o olho, Adenor!

  4. Claro que ligam pra espetáculo. É que quando o time é limitado e ganha no sufoco, preferem exaltar a raça, até porque isso vende. Mas ao menor sinal da possibilidade de ter alguém de grife, vão lá e pá: compram um Pato da vida. Eu conheço as entranhas da mente 5ma11tiana como poucos. Poderia até escrever um TCC sobre. Tiraria 10. Se ninguém da banca fosse 5ma11tiano, claro.

    • Não confunda o corinthiano médio com a diretoria! E com os “esquemas” do Clube. O mesmo que trouxe o Penoso agora quer Balotelli…

    • Eu queria que vc fizesse uma análise dos outros clubes e torcidas. Se não conseguir fazer, vou achar apenas um clubismo exagerado de sua parte.

      • Mas aí não seria tão divertido. A matéria-prima também seria mais escassa. Precisaria, por exemplo, de um personagem central para servir de caso de estudo. Alguém que se considere um torcedor fidagal do time em questão. E necessitaria de algum tempo de estudo, estabelecer uma relação quase que paternal, rs, para poder extrair informações, observar comportamentos, questionar e contrapor à vontade. A pessoa tem que estar disposta e segura de tudo que diz. Infelizmente, não conheço ninguém assim de outra torcida. Marco Aurélio Cunha seria bem interessante, mas não sou próxima dele, rs.

  5. E o timeco do Fluminense, coitado, lutar pra não cair de novo, infelizmente. Provavelmente será o saco de pancadas dos postulantes ao título. Triste ver um clube tradicional nessa situação. Idem pra Vasco e Botafogo.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare