Captura de Tela 2017-05-28 às 18.05.35
Mais uma vitória do Corinthians como visitante. Foi um jogo muito parecido com aquele outro na Bahia, contra o Vitória, mas o Atlético-GO pareceu ainda menos perigoso. Ou seja: o Corinthians, nesta sua nova filosofia de trabalho, com Fábio Carille, sabe se impor, sabe jogar fora de casa. Isso é importante demais num torneio longo como o Brasileirão.
Carille teve a felicidade de encontrar um lateral esquerdo como Arana, talvez o melhor nesta posição em atividade no País. Some-se a isto a boa fase do goleiro Cássio, a volta de Jadson; a inspiração de Rodriguinho e a fome de gols de Jô.
Com esta base, o Corinthians ganhou com sobras o título do Paulistão. Depois de três rodadas, está no G4 e tem tudo para permanecer no pelotão de frente.
Mas há um detalhe que deve incomodar e até tirar o sono dos cartolas corinthianos: o clube é um dos poucos da Série A que está jogando sem patrocínio máster na camisa.
É uma lamentável mistura de desperdício e incompetência.

10 Comentarios

  1. A sorte do 5ma11 é que está jogando sem pressão e o que vier é lucro. Enquanto Santos e Porcada, os paulistas favoritos do ano estão tombando aqui e acolá. Mas o campeonato está muito no começo, muita água pra rolar. Eu espero antes de mais nada que o Santos desenrole esse carretel, pois nem em casa estamos indo bem, assim não dá!

    • Jogando sem pressão? No Corinthians sempre vai existir pressão! E se comparar o time do Corinthians com o Prantos não tem muita diferença, o elenco é do mesmo nível e a fase do Corinthians é um pouco melhor, só o Porqueiras está a frente em relação a elenco.

      • Claro que está. De um time que foi considerado a quarta força e teve dificuldade pra montar o elenco não se pode esperar, nem cobra nada. Tanto que quando caíram na CB nem houve chiadeira, pois todos sabiam das limitações da equipe. E não importa se Santos e 5ma11 estão no mesmo nível, investimos muito esse ano, mantivemos a ótima base do ano passado e criamos muitas expectativas boas, não podemos achar normal ter um ano igual ou pior que vocês e outros times que começaram o ano sem perspectiva alguma.

        • Corinthians foi eliminado pelo Inter jogando bem faltou sorte mesmo, não perdeu nenhum clássico no campeonato Paulista, ao contrário do Prantos que não venceu nenhum, foi considerado a quarta força porque a imprensa esportiva brasileira é uma piada, pois chegaram a dizer que o SPFW estava a frente porque tinha Rogério Ceni. É bobagem falar que o Corinthians não investiu no elenco, repatriou Jadson, contratou Gabriel bom volante, Jô apesar da desconfiança tá mostrando que foi uma ótima contratação, e o Pablo zagueiro que apesar de ser por empréstimo e correndo risco de perder pra outro time foi uma ótima contratação. O Prantos investiu muito esse ano? Qual jogador de peso o Prantos contratou esse ano? O melhor investimento foi manter a base, e alguns jogadores como Ricardo Oliveira e Lucas Lima não vêm tendo o mesmo desempenho de anos anteriores.
          PS: eliminamos a Universidad de Chile na Copa Sul-Americana, que acabou de conquistar o campeonato Chileno, não temos um brilhante time, mas somos competitivo, e a palavra pressão no Corinthians é mencionada praticamente todos dias, pode estar com um time fraco, médio, bom que a pressão sempre vai existir.

          • Contratou esses aí, mas desembolsou quanto? Jadson e Jô vieram de graça. O Santos só com B. Henrique gastou R$ 13,5 mi, a 3º maior contratação da história do clube, sem falar que deixou de lucrar ao não se desfazer de jogadores importantes, exceto Gabigol, o que não deixa de ser um investimento. Como você pode dizer que não investimos muito? A Porcada investiu mais ainda, é muito natural a imprensa apontar esses times como favoritos e a torcida esperar que eles se destacassem – lembre-se que você mesmo disse pós estreia no Paulista que éramos o melhor time do campeonato. O 5ma11 não criou essa expectativa nem na imprensa e nem no torcedor, por isso todos se mostram surpresos com o aproveitamento da equipe. Os próprios jogadores do 5ma11 falam nas entrevistas que gostam de não estar no holofote, de serem considerados a 4º força para terem mais tranquilidade pra trabalhar. Por isso digo que não estão trabalhando sob pressão, pelo menos não tanto quanto os times que começaram o ano como favoritos, e, portanto de quem se esperava muito. Se o 5ma11 passasse o ano sem ganhar nada ninguém se espantaria pois não entrou favorito a nada. Santos e Porcada, não. No papel pelo menos, poderiam render bem mais, por isso são mais cobrados. É dessa pressão que estou falando.

  2. Gastou mesmo só no Gabriel algo em torno de 6 milhões, mas foi criativo mesmo com pouco dinheiro contratou bem, melhor do que ficar contratando a rodo e o time tinha potencial pra crescer eu acreditava nisso apesar da desconfiança da torcida e existe uma pressão enorme pro time voltar a disputar a Libertadores ano que vem. Bruno Henrique é até bom jogador, mas tá longe de ser protagonista do time e qualquer jogador mais ou menos tá custando caro, e de fato eu falei que o Prantos era favorito no Paulista, mas não esperava que teria um desempenho tão abaixo do esperado. O Prantos não tá sendo uma decepção até aqui pra vc? Apesar de estar indo bem na Libertadores, perdeu dois clássicos no ano na Vila, o time era muito difícil de ser batido em casa, esse ano tá perdendo muito jogos.

    • Claro que é uma decepção pra mim, por isso estou reclamando tanto. Até você está surpreso com o nosso mau desempenho, o que é uma prova que criamos muita expectativa. Sempre se espera mais de quem pode dar mais, e num comparativo entre Porcada, Santos e 5ma11, se esperava mais dos dois primeiros. Já que não estão correspondendo, a cobrança e desapontamento são maiores. Essa pressão pela vaga na L.A. que você diz, só surgiu depois que o time passou a jogar bem e os rivais mostrarem certa fragilidade, o que permitiu vocês sonharem mais alto. Se você fala que a pressão é tão grande pra voltar a L.A., por que não fizeram um escândalo quando caíram na CB? Mesmo o time jogando bem, em casa e com uma boa vantagem? É verdade que ainda há outros caminhos para a L.A., mas duvido muito que um time prefira ganhar uma sul-americana ou tentar um G6 no BR a ganhar a CB. Esse discurso só surge depois que o time é eliminado. O que estou querendo dizer com tudo isso, é que quando um time vai bem na temporada anterior, contrata bons jogadores e mantém a boa base vai se esperar e cobrar muito desse time e isso pode atrapalhar, pois qualquer tropeço as críticas aparecem e tudo passa a ser questionado. Santos, Porcada, Flamengo, Galo se inserem nesse cenário, por isso digo que a pressão sobre eles é maior. Ao passo que o 5ma11 começou o ano sob desconfiança e vendo outros times com mais potencial, o que deu tranquilidade para trabalhar, sem cobranças excessivas pra ser o melhor time, além de uma motivação extra para se esforçarem mais e poderem surpreender

      • Aline, o Corinthians terminou o ano muito pressionado, um caos dentro e fora de campo. O presidente corria risco de impeachment. Os bons resultados no início deu uma aliviada, se isso não é pressão eu não sei o que é? Fazer um escândalo com a eliminação na CB, só ía piorar as coisas, o Corinthians tinha um jogo decisivo pelo Paulista contra o SPFW, estava próximo da final, e um título deixaria o time mais leve pra jogar o BR. E não é fim do sonho de conseguir uma vaga pra Libertadores, com a eliminação da CB, a vaga pode ser conquistada com uma possível conquista da Sul-Americana ou via BR que por sinal tá fácil já que agora são seis vagas.

        • Vagner, eu falo pressão por títulos. Como de um time que estava tão desacreditado por conta desse caos, poderia se exigir algo? Você não entende a diferença? E discordo que a calmaria depois da eliminação pro Inter tenha a ver com essa sua teoria. Muito pelo contrário, a tendência seria pressionar mais ainda a equipe para garantir o Paulistão, já que não teriam mais a CB, e não amenizar as críticas para não desestabilizar a equipe, como você falou. Mas se essa é sua opinião, eu respeito. E não disse que é o fim do sonho da L.A. pra vocês, só acho que geralmente um time quando projeta uma busca à vaga da LA, foca na CB e não na Sul-americana, que não tem o mesmo prestígio, nem pelo BR que é mais trabalhoso.

          • Time grande sempre entra pra ganhar as competições, se vai ganhar ou não é outra história, só o peso da camisa fala por si só, então por isso sempre vai existir pressão. Na teoria pode até ter um time inferior, (e tem mesmo), mas na prática os resultados podem ser outros.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare