“O Flamengo se tornou o clube mais odiado do Brasil. Não por ser o mais forte, o mais poderoso, como já foram o Internacional, de Rubens Minelli; o São Paulo, de Telê Santana; o Grêmio, de Felipão; o Cruzeiro, de Vanderlei Luxemburgo; o Corinthians, de Tite; o Santos, de Neymar; o Palmeiras, da Parmalat; e o próprio Flamengo, de Zico. Mas pela ganância, insensiblidade, crueldade. Ela é centralizada na figura do presidente Luiz Rodolfo Landim Machado”, COSME RIMOLI, colunista R7.

1 Comentário

  1. O importante é ser amado pela torcida, para de mimimi e faz um jornalismo descente!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare