Teve de tudo nesta 25ª rodada, a começar pelo surpreendente tropeço do Flamengo, no sábado, diante do Captura de Tela 2017-09-24 às 21.57.45Avaí. Alguém pode justificar que era um time “misto”, mas fica difícil entender o elenco mais caro do País fora do G6.
No domingo, depois do golaço de Egidio, eu vi muito palmeirense twittar encabulado: “Nunca critiquei!” Egidio é, de fato,  um lateralzinho meia-boca, mas salvou o Verdão no Maracanã.
Rogério Micale pensou que poderia vencer como treinador, apenas usando o peso da medalha de ouro olímpico. O buraco é mais embaixo. Dois meses depois de um desempenho pífio no comando do Galo, foi deletado da cadeira.
O Bahia ganhou do Grêmio com um pênalti polêmico. Prometeram usar o “árbitro de vídeo” exatamente para evitar esse tipo de problema, mas o que a CBF diz não se escreve. O fato é que o time de Renato Gaúcho caiu para a 3ª posição.
Por fim, no clássico superlotado do Morumbi (o maior público de 2017, mais de 61 mil pessoas), erros da arbitragem tiraram a vitória do São Paulo, essa é que é a verdade. Mas teve ainda uma briga do presidente Leco com um conselheiro; e o intempestivo gesto obsceno de Gabriel, para a torcida Tricolor.
Assunto para as mesas-redondas neste início de semana é o que não vai faltar.

3 Comentarios

  1. A campanha mais vergonhosa sem dúvidas é do Atlético-MG, elenco caro e olhando a tabela a realidade é se livrar do rebaixamento.

  2. Não esperava uma vitória do Botafogo, eles estão em ascensão.

  3. Sempre timão na frente hors concur. Deixe a briga para os recalques.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare