1 Comentário

  1. Dois papéis políticos a destacar:

    1) Comovente o gesto de Thereza May, uma verdadeira estadista, que não deve se envergonhar de chorar;

    2) Gestos tíbios de Chicago-Boy e Bolsonaro, como de criança birrenta que ameaça levar a bola pra casa se não jogar na posição que escolher. Cretinos!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare