O “princípio ativo” não é o mesmo, mas Vinícius, do Corinthians, foi mais eficiente do que o badaladíssimo Vinícius Júnior, do Flamengo.
Vinícius Júnior, 16 anos, é um dos nomes mais disputados pelo grandes clubes europeus. Na partida de ontem, contra o Corinthians, pela Copa SP, ele até que jogou bem, mas falhou em dois momentos decisivos e acabou sendo um dos principais responsáveis pela derrota rubro-negra.
O “genérico”, que atende pelo sobrenome de Del’Amore, é zagueiro, estava até pouco tempo no Palmeiras, e, pelo que consta, não há nenhum clube interessado em tirá-lo do Corinthians.
Foi dele o gol da virada que levou o Timãozinho às semifinais da Copinha.
Acontece, às vezes.
Vinicius x Vinícius: o "princípio ativo" é diferente
Vinicius x Vinícius: o “princípio ativo” é diferente
Fechar
Logo Qualitare