Já foi dito AQUI no blog, dia 26 passado, que deixaram o Corinthians chegar e que pode estar pintando um “cheirinho”.
O Corinthians pós-quarentena é um time completamente diferente.
O que mudou?
Basicamente, o que mudou foi a sorte. O Timão deu sorte de ganhar do Palmeiras; deu sorte ao ver o Guarani facilitar o seu caminho; e teve também uma boa dose de sorte na primeira batalha da segunda fase, ao fazer um gol aos 35 segundos.
O Bragantino Red Bull, por sua vez, passou o começo da semana ouvindo os comentaristas dizerem que ele era favorito porque fez a melhor campanha da primeira fase, mas esqueceu de dois detalhes importantes:
1 – O peso da camisa;
2 – O Corinthians é o atual tricampeão paulista.
O segundo tempo do Corinthians hoje foi a melhor exibição neste retorno do futebol.
Agora vai pegar o Mirassol, que, teoricamente, é o caminho mais fácil pra chegar na final, enquanto o Palmeiras (também teoricamente outro favorito nas semifinais) se defronta com a Ponte, que despachou o Santos.
Restou provado à distinta plateia que nunca será uma boa ideia menosprezar uma camisa pesada como a do Corinthians.
As semifinais definidas

4 Comentarios

  1. Que reação essa do Corinthians, cresceu na hora certa.

  2. Eu sabia que esse time frouxo do Santos iria passar vergonha. Ainda cantei a bola ontem, que não zuaria o timeco do Morumbi, pois tinha medo que o Santos também decepcionasse. Time patético, sem alma, na hora do vamos ver, sempre arrega. Esse técnico português é muito mole, tá mais perdido que cego em tiroteio e os jogadores não querem nada com nada, sem falar do presidente corrupto. A segunda divisão vem esse ano. Eu não tenho dúvidas.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare