• “Papos hipotéticos” (e improváveis) pretende ser um novo quadro por aqui. Aceito avaliar sugestões de diálogos entre personagens do mundo esportivo, artístico, político etc. Mande para o email oficial deste blog: brito-marcondes@bol.com.br. Citarei os autores das eventuais colaborações.

5 Comentarios

  1. Ainda bem que estou fora do “Whats”, Tuíter, Feisse e cia. É só papagaiada…mas você está mais antenado que eu, Marcondes!

    • Nem wpp, Paulo? Nossa, mas como você se comunica com as pessoas? Ligação? SMS? Parece minha mãe. 😂😂😂.

      • Vcs são bem criativos. Poderiam me ajudar a criar diálogos hipotéticos (de preferência meio absurdos hehehehehe). Abs, Mbr!to

      • Não. E nunca comprei um celular. Pegava sempre o da patroa quando ela trocava. O meu atual deve ter pelo menos uns 7/8 anos (só comigo), e só funciona de vez em quando, quando eu me predisponho a pôr créditos, rs, já que, por “protesto”, briguei com a operadora quando ela me tungou o restante do crédito por expiração do prazo sem uso (fiquei indignado com aqueles R$ 12 do pré-pago que me levaram na mão grande). Fiquei mais de um ano só recebendo chamada, e a patroa desesperada. Queriam até fazer uma vaquinha na família para comprar um smartfone mas eu recusei de pronto para não ter que pagar o plano. Esse sou eu, mais teimoso que burro velho empacado e com a pata quebrada, rs…e não sinto vontade nenhuma de ter “whats”, etc…e não é pão-durismo, não, é convicção mesmo…

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare