416A Odebrecht apresentou ao Ministério Público uma planilha que aponta pagamentos de R$ 2,5 milhões para o deputado Andrés Sanchez (PT-SP), por meio de caixa 2. A informação foi nada na Folha Online.

De acordo com o documento, o dinheiro foi repassado a André Luiz de Oliveira, o André Negão, vice-presidente do Corinthians e assessor do gabinete do parlamentar.

Sanchez, ex-presidente do Corinthians e responsável pela construção do estádio do time, na zona leste de São Paulo, foi eleito em 2014 com 169.658 votos.

Ambos negam irregularidades. A planilha foi entregue ao Ministério Público por Benedito Júnior, o BJ, um dos 77 executivos que fizeram delação premiada com a Lava Jato.

1 Comentário

  1. Essa Lava Jato num tá poupando ninguém mesmo. É cada falcatrua que até Deus duvida.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare