captura-de-tela-2016-12-20-as-16-57-01

No jornal Zero Hora (Por Leonardo Oliveira) – O noticiário gremista de ontem dava conta de uma nova multa imposta pelo STJD ao Grêmio pela entrada em campo de Carol Portaluppi ao final da decisão. O clube foi condenado a pagar R$ 50 mil — havia desembolsado R$ 30 mil pela sua entrada no gramado na semifinal. Ouvi até reclamação de que haveria, por parte do STJD, uma perseguição ao Grêmio. O que, convenhamos, é de um exagero absurdo. 

O tema Carol Portaluppi só cresceu por absoluto vazio da pauta na Arena. E isso é o que preocupa. O Grêmio entra na segunda semana pós-título sem sinalizar movimentação no mercado. A Libertadores bate à porta, mas ainda falta definir o vice de futebol, falta sinalizar com uma estratégia para suprir eventuais perdas de Luan e Wallace e, principalmente, falta tratar de reforços.

Para sonhar com o tri, o Grêmio precisa trazer laterais, meias e atacante. Portanto, amigos, esqueçam da Carol. Há outras prioridades na pauta. Ah, e antes que eu esqueça: o lugar da filha do Renato não era no campo. Mesmo com todo o ambiente festivo que a conquista impunha.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare