Os russos estão em festa
A Rússia teve a estréia que pediu a Deus. O time que não venceu nenhum dos últimos sete amistosos que disputou – o último triunfo foi diante da Coreia do Sul, (4 x 2) em outubro do ano passado – massacrou a Arábia Saudita por 5×0 e deve se classificar em seu grupo.
A vitória pode dar um ânimo especial as russos, como se espera com todos os países anfitriões na Copa do Mundo. A África do Sul, que em 2010 foi a única seleção anfitriã em 20 edições a ter sido eliminada ainda na primeira fase.
México, duas vezes, e Estados Unidos superaram as expectativas quando sediaram a competição. Os mexicanos chegaram às quartas de final em 70 e 86, até hoje os dois melhores desempenhos da equipe.
O time da Rússia, pra falar a verdade, teria nível para disputar a Série B do Brasileirão, no máximo. E a Arábia, cá entre nós, nem a Série C.

8 Comentarios

  1. A Rússia, teria dificuldades contra: Brasil, Espanha, Alemanha, França e Bélgica. O resto da pra encarar. Acho que o time cresce muito jogando uma Copa em casa.

  2. Acho um time médio, do mesmo nível da Suíça, adversário de estreia do Brasil. Pode ir longe por jogar em casa.

  3. É verdade, Vágner! Mas tem um do grupo mais vencedor que se dá ao luxo de perder duas Copas em casa e dando vexame, ainda…

  4. Ainda vai surpreender.

  5. Ai deles se dessem vexame diante do tal Putin, também, né? Rs. Ninguém liga pra Rússia, acho que nem eles esperam ver a sua seleção indo muito longe.

    • Liga sim. Mesmo não sendo uma potência no futebol, o anfitrião sempre chama a atenção. Na Copa da Coreia e Japão, havia um interesse em ver os donos da casa, na Copa da África a mesma Coisa, eu mesmo torcia pra eles quando enfrentava outros países.

Deixe seu comentário para Vagner

Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare