É muito triste ver o desprezo de Pelé quando fala sobre a filha Sandra. A filha que já morreu e que ele só c3e9194ac1728c097a9e32c13a25cdd8reconheceu a paternidade na Justiça:
“Eu não tinha certeza se era minha filha ou não naquela época. Essa menina de Santos, que faleceu, eu não tinha conhecimento. Ela apareceu na casa da minha irmã, dizendo que a mãe dela tinha dito que ela era minha filha. Era Sandra o nome dela. E, então, pensei: com 22 anos ela aparece para dizer que é minha filha? Eu acho que quando ela nasceu, a mãe tinha que ter me falado. Por isso que exigi o DNA. Ela apareceu e a mãe não apareceu? Foi essa a discussão. Então fiz o exame e deu positivo. Nunca soube do paradeiro da mãe. Deve ter sido coisa de criança, uma escapada, uma excursão do Santos.”

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare