O brasileiro é exigente. Por ele, a seleção seria sempre com Pelé, Garrincha, Ronaldo, Ronaldinho Romário e Zico. Qualquer nome fora dessa lista é um lixo. Inclusive Neymar, a nossa maior estrela, que assistiu a essa vitoria sobre a Rússia por  3×0.
Hoje, contra a Rússia, foi um jogo sonolento. Um espetáculo ruim de se ver. O técnico Tite demonstrou preocupação nos últimos dias com o que ele chama de “linhas e 5”, que causou enormes dificuldades no amistoso contra a Inglaterra.
É isso que vamos enfrentar na Copa. Tite encontrou o caminho no segundo tempo, apenas com uma mudança de postura. Basta esperar um pouco que eles saíssem para atacar. O nome disso é estratégia.
Acontece que a Rússia não tinha uma linha de 5. Tinha uma linha de 10. Os russos, a despeito de jogarem em casa, abdicaram do direito de atacar e fecharam-se na defesa com unhas e dentes. Quando se aventurou a sair, abriu as compotas.
Mas ficou novamente muito evidente que o Brasil depende demais de Neymar. Nossa seleção, sem Neymar, é um time comum. Assim como a Argentina sem Messi. Ou Portugal sem Cristiano.
Então, repita comigo: Pai nosso que estás no céu, santificado seja o vosso nome…”
Que seja feita a vossa vontade e Neymar se recupere rapidamente.
Repercussão na Rússia. Entendeu?
Repercussão na Rússia. Entendeu?

6 Comentarios

  1. Então eu vi outro jogo, gostei muito do que vi principalmente no segundo tempo, a Seleção joga de forma coletiva, hoje o Brasil joga futebol de verdade. Neymar é o craque dessa Seleção, ele tem que tá preparado pra decidir jogos difíceis e truncados e bem disputado, é isso que se espera de um craque.

  2. Eu nao vejo assim, o Brasil ganhou bem 3×0 na Rússia nem nos bons tempos de Pelé. Levanta quando o Brasil ganhou mais de 2 gols da Rússia, ainda mais na casa deles.

  3. Eu acho engracado que Tite se destacou por montar times equilibrados,sem grandes estrelas e onde o coletivo era o mais importante.
    Na seleção não há problemas com estrelismo, ele parece ter domado isso, tem um grupo muito bom tecnicamente, porque, então, ficar assim tão dependente de Neymar? O desafio dele é justamente fugir disso, mas pelo jeito não consegue. Então ele não tem mérito algum nesse seu trabalho na seleção e deveria ser cobrado por isso. Ele está acomodado.

    • Na minha opinião o Brasil jogou bem. Neymar não fez falta nesse jogo. Ele é craque e precisa aparecer em jogos grandes e ser decisivo. Como foi Pelé, Rivelino, Romário, Ronaldo, entre outros que já decidiram jogos importantes pela Seleção. O problema que a mídia em geral enche muito o saco, parece que torce contra, quando ele não joga, só pra mostrar o quanto ele é importante. A Seleção joga de forma coletiva, mas naturalmente se espera muito do Neymar, por ser o principal jogador da Seleção, a Rússia pode não ser essa potência toda, mas não também não é nenhuma baba.

  4. O time teve dificuldades, no 1º tempo, e, mesmo assim, chutou 4 ou 5 x mais do que a Rússia, que não chegou a incomodar. No 2º tempo, foi um passeio. Pela 1ª vez, vejo alguma esperança sem o Neymala, mas é bom lembrar que era só a Rússia, que não é candidata nem às semis (possivelmente nem às 4ªs), dentro da sua própria casa. Contra a Alemanha teremos uma noção melhor…

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare