Perder da Argentina nunca pode ser motivo de alegria para o Brasil. Nem em amistoso. Mas o técnico Tite é tão sortudo que escolheu até o momento certo para deixar escapar a sua invencibilidade no comando da seleção.

Era um amistoso que valia muito para a Argentina, que busca sair de uma crise. Pra eles foi muito bom, porque o jogo marcava a estréia do técnico Sampaoli. Vai dar moral pro cara, sem dúvida.

Mas o Brasil – apesar de ter merecido no mínimo empatar – estava realmente com o seu time B. Faça as contas comigo: Ederson, Daniel Alves, Miranda, Marquinhos, Marcelo, Casemiro e Neymar.

São 7 titulares que ficaram de fora. Na verdade, a Argentina ganhou do nosso “missão” e – pelo que você pode ver nessa manchete do jornal “Olé” – está soltando foguetões.

Captura de Tela 2017-06-09 às 09.25.47 

5 Comentarios

  1. E mesmo com o time misto ou time B como preferir, jogamos bem, apesar da derrota.

  2. Mas o Tite precisa rever essas convocações de jogadores que atuam na China hein? Gil tá lento e pesado. Tem que voltar pro Brasil ou ir pra Europa, não dá pra convocar os jogadores só por conhecê-los e por ser de confiança, apesar de ser bons.

  3. Era um time B, mas um senhor time B, né? Então não tem essa. Mas, além de ser um amistoso, sem as principais estrelas, foi um jogo escondido no início da manhã devido o fuso horário e a Globo não transmitiu. Logo, jogo sem atratividade alguma. Ou seja: derrota facilmente esquecível. Kkkkk. Bota sorte nisso, realmente.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare