Captura de Tela 2017-11-25 às 06.05.29

“Tirei o melhor do Neymar ao não torná-lo completamente responsável pela situação e também não desafiar sua responsabilidade. Eu falei com os jogadores e dei uma área de responsabilidade para cada um. Quando se tem um dos três melhores jogadores do mundo, é muito fácil apenas deixar a responsabilidade para ele”, declarou. O fato é que cada um é um pouco responsável pelo que acontece. E é aí que o talento criativo e o lado individual de cada um aparece. Eu fiz disso parte essencial do trabalho em equipe, não deixei para apenas um indivíduo. Aquele resultado [os 7×1 da Alemanha] se tornou uma cobrança muito grande para os técnicos brasileiros e aumentou a pressão em todos nós. Foi uma grande decepção para os jogadores que perderam a Copa, mas também levou os técnicos a procurarem mais conhecimento, tentar evoluir e desenvolver nos aspectos táticos e metodológicos. Procuramos nos equiparar, trocar informações com os treinadores europeus e melhorar”, TITE, técnico da seleção brasileira.

1 Comentário

  1. Ok, mas ele ainda se sente o dono do time. E será cobrado como tal.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare