622_efa41f88-8276-3e50-b427-a5902a36d1a4
No blog do Maurício Stycer (UOL) – O tradicional “Linha de Passe”, da ESPN Brasil, ofereceu um momento diferente aos espectadores na noite de sexta-feira (27). Abrindo o programa, José Trajano ofereceu solidariedade às mulheres vítimas de estupro no Brasil e apoio à campanha pelo fim da “cultura do estupro”.

Em seguida, dizendo representar um grupo na ESPN, Trajano fez um protesto. “Porque o canal abrigou esta semana um personagem engraçadinho, que se porta como um sujeito que faz apologia do estupro. Em nome do humor, dizendo que no humor cabe tudo. Esse grupo ficou enojado com a presença dele”.

Embora não tenha citado o nome, a referência foi a Danilo Gentili, que na última terça-feira (24) participou do Bate Bola Debate. Em um comentário que ficou famoso no Twitter, o humorista escreveu: “O cara esperou uma gostosa ficar bêbada pra transar com ela. Todos sabemos o nome que se dá pra um cara desses: Gênio”.
Segundo Trajano, Gentili foi convidado ao programa da ESPN “talvez por descuido da produção, uma produção alienada e não comprometida com o que acontece no país.” O jornalista foi diretor de jornalismo da emissora por 17 anos, até 2012. Desde então, atua como comentarista no canal.

3 Comentarios

  1. Não sei pq dão tanta moral pro Danilo Gentili, suas piadas são sem graça exagerada e as vezes até ofensiva!!!

  2. Vixe Maria, quanta coragem hein? Mas está certo, esse Gentili é um babaca, já fez piada zombando das mulheres que doam leite materno e e até dos judeus, não respeita nada nem ninguém.

  3. …”não concordo com o comentário dele, mas defenderei até a morte o direito dele faze-lo”

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare