O  jornal esportivo italiano Gazzeta dello Sport elegeu os piores jogadores da janela de transferência 2000/01 e o ex-volante Vampeta é o maior destaque, tratado como “Vampiro + capeta”, após sua passagem pela Inter de Milão.
O ex-corintiano e atual comentarista da Rádio Jovem Pan foi colocado entre as piores contratações daquela temporada. “Il bidone dei bidoni”, algo como “o pior dos piores”, é a classificação dada pelo periódico. Vampeta fez apenas oito jogos pelo clube e logo foi emprestado ao Paris Saint-Germain – onde também ficou apenas seis meses e amargou no banco em boa parte das partidas.
Comprado por 15 milhões de dólares, foi vendido por algo próximo de 2 milhões de dólares. Além da indicação de Fenômeno, a reportagem diz que o jogador pentacampeão em 2002 foi referendado por Vanderlei Luxemburgo, então técnico da seleção. Diz até que Luxa o classificou como uma mistura de Rivellino e Dunga.
“Era de uma lentidão gigante e nunca fez a coisa certa. Mesmo o mais simples. O resultado? De setembro a janeiro ele jogou apenas oito vezes. Marcello Lippi foi demitido e em seu lugar Moratti chamou Tardelli (o original), que se livrou dele”, descreve.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare