“Perdemos dentro de campo, não na área técnica, nos treinos, na área física ou de estratégica, Perdemos a partir do momento em que o juiz apitou. Uma decisão diferente do Diniz poderia ajudar um pouco mais ou um pouco menos, mas faltaram outras coisas dentro de campo. Pelos mesmos motivos que era bom e deveria seguir faz seis dias, Diniz não está ameaçado. Ele continuou muito bom, é o que acompanhamos no dia a dia, claro que o resultado dentro de campo é outra coisa que precisamos melhorarA cobrança [em cima do elenco] sempre existe e é diária,  estamos tirando novas conclusões, adaptando. Não queremos que aconteça de novo, o que precisarmos fazer e reavaliar para que não aconteça de novo vai ser feito”, ALEXANDRE PÁSSARO, gerente de futebol do São Paulo.
Comentário meu – Então quer dizer que está tudo bem? Pergunta pra qualquer torcedor Tricolor pra ver o que ele acha dessa avaliação da diretoria do clube.

2 Comentarios

  1. Futebol nutella. Normaliza tudo.

  2. Essa diretoria do São Paulo é igual a do Flamengo na época da administração Bandeira de Melo. Os fracasso eram tratados como resultados normais.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare