No site OneFootball:

O Brasileirão vive uma onda de treinadores estrangeiros, mas dentro de campo também temos uma forte presença de atletas nascidos fora do Brasil.

Um levantamento do jornalista Rodolfo Rodrigues mostra que até agora 62 estrangeiros já entraram em campo no campeonato.

O país mais representado é a Colômbia, com 17 jogadores. A Argentina aparece logo em seguida, com 12.

Borja, atualmente no Grêmio, já sabe há algum tempo o que é atuar no Brasil.

Jhon Arias estreou há pouquíssimo tempo e já marcou um gol com a camisa do Fluminense.

Dois destaques do futebol brasileiro este ano são argentinos: Nacho Fernández e Rigoni.

Gustavo Gómez e Júnior Alonso costumam formar a dupla de zaga da seleção paraguaia e são titulares em seus clubes no Brasil.

Isla e Vargas são os grandes representantes do Chile no Brasileirão.

Arboleda é o nome mais reconhecido entre os equatorianos, sendo sempre chamado para a seleção do seu país.

Paolo Guerrero, do Inter, e Fernando Pacheco, do Juventude são os únicos peruanos do Brasileirão.

Savarino e Hurtado representam a Venezuela no futebol brasileiro.

É raro ter um jogador dos Estados Unidos atuando no Brasil, mas Johnny, do Inter, já inclusive atuou pela seleção do país.

2 Comentarios

  1. Silvinho treinador 1/2 foia brasileiro ganhou do portugues badalado, ai da muitos jornalistas esportivos valorizam mais os tecnicos estrangeiros.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare