Segundo o artigo 238 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva…

“Receber ou solicitar, para si ou para outrem, vantagem indevida em razão de cargo ou função, remunerados ou não, em qualquer entidade desportiva ou órgão da Justiça Desportiva, para praticar, omitir ou retardar ato de ofício, ou, ainda, para fazê-lo contra disposição expressa de norma desportiva”

A pena prevista para quem for enquadrado neste artigo é uma multa que poe variar de R$ 100,00 (cem reais) a R$ 100.000,00 (cem mil reais), uma suspensão de 360 a 720 dias, além da eliminação do clube em caso de reincidência.

Ainda existem os artigos 242, que fala sobre “dar ou prometer vantagem indevida a membro de entidade desportiva”, e no 243-A do C, que fala sobre “atuar de forma contrária à ética desportiva, com o fim de influenciar o resultado de partida”.

 

2 Comentarios

  1. Como diria o personagem Dominic Toreto, interpretado pelo ator Vin Diesel na franquia Velozes e Furiosos: “estamos no Brasil!”. Alguma multinacional vai querer financiar um campeonato que todo o ano algum dirigente vem com denúncias sem provas de que o campeonato foi comprado entre outras barbaridades? O cidadão que quer dar um “estímulo” ao São Paulo, deveria usar seu dinheiro comprando cestas básicas, ainda mais em um momento em que milhares de brasleiros estão sem trabalho e não tem nem o que comer. É a nossa elite do atraso em ação.

  2. Essa história do milhão virou piada.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare