O Corinthians fez um jogo-treino contra o Botafogo em Ribeirão Preto, utilizou 23 jogadores – numa prova de que o que menos importava era o resultado –  perdeu de 2×1, mas o atacante argentino Mauro Boselli resolveu “chutar o balde”: 
” Nós temos que melhorar muito. Não estamos jogando bem. Temos que trabalhar muito se quisermos crescer nos campeonatos. Assim, jogando desse jeito, creio que não conseguiremos nada. Temos mais umas semanas para trabalhar e nos acertar” – disse.
Cá entre nós, ficou claro que ele só teve mesmo a intenção de alfinetar o técnico Fábio Catille, que praticamente não o aproveita no time titular.

4 Comentarios

  1. O jogo foi decepcionante, especialmente da parte do Corinthians, de quem mais se esperava. Mas, tem uma coisa que eu não entendo: esses amistosos são pra testar formas de jogar, esquemas táticos, jogadas ensaiadas, certo? Então, como se pode mudar todo o time de um tempo para o outro? E até no curso de um tempo? Olha, não sei quantos jogadores entraram em campo, hoje. Mas foi um despropósito, um deboche. Aí, tudo que se consegue é rodiziar jogador, o que pode ser feito nos treinos, mesmo. Não entendo a lógica da coisa…

  2. Não é a primeira vez que ele reclama da forma do time jogar, e está coberto de razão. O time pode e deve jogar mais do que vem jogando.

  3. Ele num falou nada demais. Foi sincero e consciente. Melhor que esses jogadores que preferem enrolar no futebolês e dar desculpas esfarrapadas. Achei que ele está preocupado com o time.

  4. Não bi nada de novo, até bater a falta próxima a área ,foi velha, ou seja, errada.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare