A declaração do técnico Jorge Jesus explica como foi a vitoria do Flamengo sobre o Internacional:
“No Maracanã, já começamos ganhando por 1 a 0. Jogamos contra um adversário com uma ideia de jogo muito bem concebida, que defende bem, não tinha perdido na Libertadores e há cinco jogos não sofria gol. Mas encontrou um Flamengo muito experiente, que não foi a procura do gol a qualquer maneira”, disse o português para enaltecer os quase 70 mil torcedores que lotaram o estádio.
O Flamengo tem um histórico de grande superioridade nos confrontos com o Inter. Contando com o desta 4a feira, foram, ao longo da história, 33 jogos, com 21 vistorias do rubro-negro, sete empates e somente 5 vitorias do Colorado.
Foi um jogo muito truncado, com disputas ríspidas, bem características do torneio sul-americano.  Filipe Luis – recém importado da Europa –  sentiu pela primeira vez o que é uma Libertadores. É aquele tipo de torneio em que o trunfo é “paus”.
Mas o lateral da seleção teve a sua melhor atuação com a camisa do Flamengo. Iniciou, lá atrás, as jogadas dos dois gols de Bruno Henrique.
A fase de Bruno Henrique segue espetacular. Convocado pela primeira vez, ele já havia sido decisivo no último clássico contra o Vasco. Desta vez brilhou com dois gols de pura raça e oportunismo.
Tite estava no Maracanã e viu tudo. Aliás, se a seleção pudesse contar com uma torcida apaixonada como a do Flamengo, talvez as coisas fossem mais fáceis pra nós.

5 Comentarios

  1. Resta agora saber se o JJ vai ter esperteza para saber administrar a vantagem no jogo de volta. Não precisa fazer mais gols, basta não tomar mais, já que fez o dever de casa.

  2. Curioso que esse ataque titular do Flamengo de hoje, era o do Prantos do ano passado, e não produziram metade do que estão produzindo no Flamengo.

  3. Na verdade o Meiguinho teve imensas dificuldades para chegar ao gol dos chorolados. Até o gol, o placar era justíssimo. Duas falhas da zaga do Entregacional selaram o placar e, possivelmente, a classificação…quanto ao “show da torcida”, só se foi antes do jogo e depois dos gols, porque, durante o jogo todo, quase, ficaram pianinhos e só neguinho com as mãos em forma de oração…

    • É porque, geralmente, os times brasileiros quando vão ao Maracanã jogam com 11 na grande área. Aí realmente fica difícil para o Fla fazer os gols.
      Às vezes pode dar certo – como deu em 2018 pro o Corinthians na Copa do Brasil – mas ao mesmo tempo também é uma aposta arriscada pois, como trata-se de um time que ataca o tempo todo, chega aquele momento em que a defesa adversária falha e os gols ocorrem. Se a defesa do Inter tivesse falhado ainda no iniciozinho do 2° tempo, correria sérios riscos de terem saído de lá ontem com uma mala de gols. A zaga deles foi desestabilizada!Aconteceu a mesma coisa contra o Vasco…

  4. Num sei pra que tanto aue. Ainda vai ter o jogo de volta e acho que o Flamengo pode arregar bonito. Aliás, é a tendência. O Inter é mais forte.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare