Captura de Tela 2017-08-20 às 05.26.16“Não existe equipe imbatível, a gente sabia. A gente sabia também da proposta de jogo do Vitória, que fez um bom jogo contra o Cruzeiro e ganhou do Flamengo assim. A gente procurou não desorganizar, foi qualidade do adversário. A gente tem que se sentir orgulhoso por tudo o que fizemos até agora. Sou muito ciente e tranquilo de tudo, trabalhamos demais, sempre buscando o melhor, infelizmente não acontece tudo como a gente imagina. Foram 34 jogos sem perder, um turno inteiro, a melhor campanha, temos de nos sentir orgulhosos. Tinha de ter mais paciência, o jogo era pelos lados. Até cruzamos bastante no primeiro tempo, mas depois centralizamos muito, onde estava fechado. A gente pediu para chegaram pelos lados. É a lição que levo do jogo”,FÁBIO CARILLE, técnico do Corinthians.

6 Comentarios

  1. Vdd, uma hora ou outra ía perder, esses jogos contra times que briga na parte de baixo são mais perigosos, pois parece que o time joga relaxado. Essa parada não fez bem pois deu uma quebrada no ritmo do time, achei o primeiro tempo do time bom, no segundo caiu muito de produção.

    • Mas quando surgiu essa pausa muitos comemoraram pois daria pra recuperar os lesionados. Sem falar que é tão costumeiro reclamar do calendário exagerado, aí quando o time tem uma boa pausa, ela é vista como prejudicial pois “esfria” o time. kkkk. Vai entender, né?

      • O ideal seria jogar só no final de semana, pra não ter desgaste, aliás eu tinha essa dúvida de como time voltaria depois da pausa, além da derrota dois jogadores saíram da partida por lesão, essa parada não teve nada de proveito!

  2. Não existe, mas o 5ma11 parecia bem imbatível, não só porque não perdia de ninguém como praticamente não dava chances pro adversário. Ele nunca vai admitir, mas acho que ele esperava sim ser campeão invicto, embora o mais importante seja o título.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Logo Qualitare